terça-feira, 11 de outubro de 2016

Ansiedade

Quando se rompe a represa
E não há nada que pare a enchente
E não há para onde ir
E o pânico toma conta

Quando se rompe a represa
E você se desfaz
E as luzes se vão
E não há misericórdia para você

Quando a mente se parte
E o corpo se dobra
E o medo volta para casa
E a escuridão está aqui

Quando se parte o coração
E você se sente tão cansado
E não há nada que o distraia
E você está por sua conta

Quando se parte a linha
E não há propósito
E só resta a pressão
E você se esquece como se faz para respirar

Quando acaba o tempo
E chega a hora
E não há escapatória...
Se rompe a represa

Anxiety

When the levee breaks
And there's nothing to stop the flood
And there's nowhere else to run
And the panic takes hold

When the levee breaks
And you come undone
And the lights are gone
And there's no mercy for you

When the mind breaks
And the body bends
And the fear comes home
And the darkness is here

When the heart breaks
And you feel so tired
And there's no distraction
And you're on your own

When the line breaks
And there's no purpose
And there's just the pressure
And you forget how to breath

When the time breaks
And the time comes
And there's no escape...
The levee breaks

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Demons


He smells like whiskey and cigarrettes
She dresses herself in smoke and pain
He feels like a desirable but forbidden home
She feels like she can't find her place
He is insecure about his life
She is insecure about herself
He/She keeps making mistakes
She/He is the biggest one
They're each other's demons

"They say he shook himself to death
I wanna dance 'till my last breath..."

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Forgive me, Russo

Há uma tempestade castanho escura vindo do mar
Ela tem a cor dos meus olhos, dos teus medos
Dos nossos erros que resolvem se misturar
Ela é da mesma cor da dor de gente tão jovem
É da cor de teus pais, teus filhos
Da moça que mora no quinto andar
Ela é da cor da saudade
Que é mais,
Muito mais
É sempre algo mais.
Perdoe-me por fazer teu coração bater desritmado
É que o meu já vem batendo à toa há muito tempo
E isso dói.