domingo, 12 de maio de 2013

She


Ela pode ser o rosto que eu não consigo esquecer
O traço de prazer ou arrependimento
Pode ser  meu tesouro ou o preço que tenho que pagar
Ela pode ser a música que o verão canta
Pode ser o frio que o outono traz
Pode ser uma centena de coisas
No decorrer de um dia

Ela pode ser a bela ou a fera
Pode ser a fome ou o banquete
Pode transformar cada dia num paraíso ou num inferno
Ela pode ser o espelho dos meus sonhos
O sorriso refletido num riacho
Ela pode não ser o que parece
Dentro de sua concha

Ela que sempre parece tão feliz na multidão
Cujos olhos podem ser tão secretos e tão orgulhosos
Ninguém pode vê-los quando eles choram
Ela pode ser o amor que não se espera durar
Pode vir a mim pelas sombras do passado
E eu vou lembrá-la até o dia em que eu morrer

Ela pode ser a razão pela qual eu sobrevivo
A razão e pelo que eu estou vivo
Aquela de quem eu vou cuidar durante os anos rudes e os anos fáceis
Eu, eu pegarei seus risos e suas lágrimas
E os farei minhas lembranças
Onde ela for eu tenho que estar
O sentido da minha vida é ela
Ela!

Por todas as vezes que eu não disse e por tudo que foi e ainda haverá de ser
Eu te amo!
Feliz Dia das Mães, Filha!



Nenhum comentário: