sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Me matando suavemente (my version)



"Seus dedos sobre o teclado
Vinham ferir minha dor
A cada acorde tocado
Na minha história
Compassos na minha vida
Descrita pelos seus versos
Em sua voz..."

Ouvi dizer que ele cantava uma boa música
Ouvi que ele tinha estilo
Então fui vê-lo
E escutá-lo um pouco
Já não era mais um garoto
Nem era estranho aos meus olhos

Me senti caindo em febre
Envergonhada por causa da multidão
Senti como se ele tivesse encontrado a história da minha vida
E estava lendo cada linha bem alto
Não queria que ele parasse
E ele simplesmente continuou

Ele cantava como se me conhecesse
Em toda a minha profunda escuridão
E ele olhou através de mim
Como se eu não estivesse alí
E ele continuou cantando
Cantando a minha vida com todas as letras

Dedilhando minha dor
Cantando minha vida em suas palavras
Me matando suavemente em cada canção
Cantando minha vida inteira
Em suas palavras
Me matando suavemente com sua canção

À Guel, muitíssimo atrasado, ao Phi, não tão atrasado assim, e ao meu mentor, Mike Shinoda por cantar a minha vida em suas notas mais altas. Feliz Aniversário!

Se quiser ver a original:

2 comentários:

danielleshinoda disse...

QUE TEXTO MAIS LINDO, AMIGAAA. EU AMEEEEEI. É MUITO EMOCIONANTE MESMO.
O MIKE É NOSSA FONTE DE INSPIRAÇÃO E MUITAZ VEZES O NOSSO CONSOLO TAMBÉM.
PARABÉNS, ESTÁ PERFEITO.

Garotinha Jê disse...

Olha aí as 'coincidências' da vida...
Primeiro, 'xô dizer que o texto é lindo e é mais ou menos o que eu diria pro meu mentor também. [/invejinha]. rs
Segundo, hoje é aníver do meu bródi, então acho que vc deveria estender a homenagem, ok? u.u'
Terceiro, lembra daquele dia que te falei do grupo que a Lauren Hill cantava, q meu irmão gostava, o Fugees? Poisintão, o 'hit' deles é justamente uma versão dessa música aí!

Resumindo, parabéns pelo texto e pra galera toda que fez/faz aniversário!!