segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Coisas Que Perdemos Pelo Caminho




Ela compartilhou sua dor ao som de The Little Things Give You Away e eu quis morrer.
Ela balbuciou baixinho sonhos perdidos, vontades , desejos que ela foi obrigada a deixar para trás. Eu conseguia ler a dor em suas palavras, nas quase lágrimas, e nada podia fazer, além do que já estava fazendo.
Ele foi obrigado a deixar para trás uma parte de si apenas para ser aceito. Mas sua dor não ficou para trás. Ele ainda olhava para os lados, tímido, sozinho. Nenhuma voz para dizer que estava tudo bem. Eu estava lá, tentando mostrar um olhar que sugerisse motivação, mas de mãos atadas por não conhecer o caminho.
Ela ainda não sabia o que fazer. A vida a estava empurrando com a barriga. Não tinha planos mais uma vez e deixou-se ser empurrada, sabe lá Deus pra onde.  Eu também estava lá, porque ela era eu, e nada podia mudar isso.
E de todas as coisas que perdemos pelo caminho, a única que não podemos esquecer de pegar de volta somos nós mesmos.

Ela se foi ao som de The Little Things Give You Away...

2 comentários:

Garotinha Jê disse...

Quanta sinceridade em palavras escritas...
Dessa vez eu "vi" vc no texto.
Acho que sei mais do que gostaria! rsrs

E a música fez muito sentido, também.
Casamento perfeito.

Ô letra linda! E triste!
Aflito...

Beijo!
Qq coisa, tamus ae. :D

Garotinha Jê disse...

Sinta-se culpada mesmo! rsrs
Que música foda, me tirou um nó da garganta.

Ufa!