domingo, 8 de agosto de 2010

"Tem certas coisas que eu não sei dizer..."



Eu queria falar sobre um monte de coisas.


Eu queria falar sobre as conversas em ônibus; sobre as canções que ouvimos lá; sobre as pessoas que conhecemos e sobre os planos que fazemos naquele lugar.


Eu queria falar sobre quando me apaixonei pela milésima vez na vida; sobre quando me apaixonei pela terceira vez pela mesma pessoa; sobre quando me apaixonei pelo que de mais bonito uma pessoa pode fazer.


Eu queria falar sobre aquele tsunami; sobre como ela vai me pegar; sobre como ela vai pegar as pessoas; sobre como eu não sei como salvá-las.


Eu queria falar sobre como eu imagino; sobre a quantidade de emoções que vou sentir; sobre a magia de um número.


Eu queria falar sobre os meus sonhos; sobre as minhas promessas; sobre quantas vezes me iludi; sobre quantas coisas eu abri mão; sobre tudo que eu tenho medo que não se torne real.


Eu queria falar sobre o olho do tigre; sobre o filho desobediente; sobre aquela linda confusão; sobre o catalisador.


Eu queria falar sobre mim; sobre meus medos; sobre minhas falhas; sobre minhas conquistas; sobre meus mundos.


Eu queria falar... Eu juro que queria.


Mas não consigo encontrar as palavras...