quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Songs To Love And Dye By_Início


Quando comecei com essa parada de "canções para amar e morrer" não imaginei como isso poderia se tornar significativo. Pra falar a verdade, eu não fazia idéia do que seria esse projeto, então deixei que a própria música me guiasse até onde ela achasse melhor. Acho que ela está me guiando direitinho!
Mas vamos começar do começo.
A frase "canções para amar e morrer" chegou a mim como título de um episódio de "One Tree Hill", aliás um puta episódio (com o perdão da chula palavra). E como todos os episódios de One Tree Hill, me tocou profundamente. Uma história bonita, cheia de dor, de amor e de música!
O nome do episódio não me saía da cabeça. Cheguei a colocá-la como frase do Orkut por uma semana. Na mesma época fui hipnotizada e seduzida por uma música de riffs de guitarra poderosos e de um vocal inevitavelmente tocante.
A música, "No Roads Left" da minha banda favorita (é LINKIN PARK porra!!!), também foi parar no meu Orkut, no aplicativo minha música (se quiserem conferir se a música é tudo isso mesmo passem lá, a música é perfeita!).
Não podia dar em outra. A frase "canções para amar e morrer" e a música "No Roads Left" não podiam ter ido parar juntas por acaso. As duas estavam me chamando.
Como além de estar no meu Orkut elas não saíam da minha cabeça, decifrei o código misterioso entre elas e coloquei o meu "interessantíssimo" projeto fantasma em prática.
Pela lógica, eu teria que ser a primeira pessoa a fazer uma lista das minhas "canções para amar e morrer", mas como meu alter-ego tem vontade própria e adora me deixar ansiosa, decidimos por consenso (dela) de que era melhor só observarmos por um tempo.
Aos amigos, a frase era dita seguida de uma "explicação filosófica", meio óbvia às vezes, mas que atiçava o desejo musical deles.
Uma das coisas mais legais dessa "pesquisa de opinião" é ver como as pessoas "morrem" com músicas tão diferentes. Às vezes é só a melodia que lhe tira as forças, outras só a letra, e na melhor das circunstâncias é a junção das duas que te derrubam, te fazendo cair no mar de libertação que é o deleite musical.
Outra coisa linda é a unanimidade. O fato de pessoas tão diferentes amarem a mesma música. E morrerem por ela...
Falando de unanimidades, havia uma pergunta que todos me faziam: "o que você vai fazer com essas músicas?" E como já confessei, eu não fazia idéia do que iria fazer com elas, só sabia que precisava conhecê-las e reuni-las.
Bem, da mesma forma inesperada como chegaram a frase e a música que deram origem a toda essa diversidade, me vieram duas idéias interessantíssimas sobre o que fazer com elas. Mas é claro que eu não vou abrir o jogo assim tão facilmente!
A questão é que preciso esperar por mais "canções para amar e morrer", escutá-las, e , quem sabe, descobrir a razão tão única e individual pela qual as pessoas as amam e morrem por elas.
E por enquanto é só isso. Que venham mais canções, para mim e para vocês, para que nós possamos amá-las e, principalmente, morrer por elas!
Até a próxima!

7 comentários:

Dona do Caos disse...

é que morrer tem sido fácil pra mim a cada dia...

aline disse...

Aline, assim você me mata de tanta emoção...

Se o início desse história já é emocionante, não quero nem imaginar o que vem pela frente.

Você traduziu em palavras(o que considero uma tarefa muito complexa) o que também me fascina na Música.

Continue assim e espero que a mais pura melodia da Vida te inspire para nos brindar com textos tão bonitos e tocantes como este.

Adriane disse...

De onde saiu isso??
Da sua pequena cabeça não foi!!
Brincadeira, affz queres me matar??
Você acaba de me convencer a ler seus textos e de comentá-los...

Marcus Vinicius disse...

Hey!
You've got to tell me what are those songs for!
Was I the only one who heard "Canções para a mãe morrer"? It sounds stupid, but I really got scared when I heard it. I was meditating (almost flying), when you whispered that behind me. I even woke up during History of English class! (almost impossible)
Well, I hope you do something useful with these songs.
kss!

Marcus Vinicius disse...

Olha o que está escrito no link do meu nome pra saber quem eu sou, caso você não saiba.

Shagaly disse...

Estou curiosa pra saber o que vc vai fazer com tantos "amores e mortes" de indivíduos tão diferentes... Deve estar sendo um grande desafio pra vc.

Guel disse...

Estou ansiosa pela finalização do seu projeto... Quero vê no q vai dar.

Muito bom o texto...

Bjooo!