sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Vício

Antes era loucura, desejo incontrolável, tremedeira, necessidade sem escrúpulos, remédio em doses exageradas...

Agora continua sendo remédio, porém manipulado em doses moderadas. Agora é paciência, é desejo gostoso e repentino, é o arrepio diante do novo e a emoção apaziguada diante do antigo. É, não a necessidade, mas a vontade crescente e deliciosa.

Antes era paixão, daquelas que causam desespero e queda de cabelos. Agora é amor, descansando num hábito não tão rotineiro, mas agradável e ecologicamente correto.

Antes era "tsunami", agora é maré baixa num fim de tarde. Antes era lua cheia, agora é pôr-do-sol. Antes era cigarro mentolado, agora é chocolate quente com rosquinhas.

Antes era explosão, hoje caixa inabalável de surpresas.

Antes eram revistas e cd's. Agora, nós e nossos momentos.

Antes era a cura. Agora também... Mas não a única!

Antes era Soul Wind no CMF. Agora é Paulinho Moska no Parque da Cidade.

Antes era choque e tremor. Agora são lembranças e arrepios.

Antes era obssessão.
Agora é amor!

4 comentários:

Aline Shinoda disse...

Sabe lá Deus se eu quero me curar?!

Dona do Caos disse...

sei bem o que é isso... mas creio que to conseguindo enfim me curar... sei que será melhor.
amei seu texto...

Guel disse...

Mas vc ñ precisa de cura...

O texto tá lindo! (acho q já falei isso!)

=P

Danny Shinoda disse...

Nossa,eu amei o seu texto.
Vc eh mto criativa e inteligente,viu???
E,além do mais,esse texto tbm exprssa o q sinto pelo Lp...
amei de vdd!!

Linkin Park Forever